O programa

Vertente militar

o papel das Forças Armadas

São duas as ações desenvolvidas: desenvolvimento sustentável e adequação da infraestrutura dos pelotões especiais de fronteira na região do programa.

O desenvolvimento sustentável dá conta da adequação de embarcações para atuação na região, se ocupa da infraestrutura das unidades militares, da logística operacional para todo o apoio ao Calha Norte e pela adequação dos aeródromos dos Pelotões Especiais de Fronteira.

São ao todo 28 pelotões, responsáveis pela vigilância do território brasileiro nas fronteiras com a Bolívia, o Peru, a Colômbia, a Venezuela e a Guiana. Os soldados apoiam ainda a repressão ao narcotráfico, o contrabando de armas, a biopirataria, a exploração ilegal de madeira e minério. Alguns desses pelotões estão a 50 minutos de voo ou 8 horas de rio até a cidade mais próxima. Em cada pelotão, há entre 20 e 80 soldados.

Os recursos do Calha Norte permitem que a infraestrutura desses pelotões seja desenvolvida e mantida, em ações como construção de lanchas, aquisição de motores para barcos, construção, reforma e ampliação de paióis de munição, quartéis, aquisição de mobiliários e equipamentos de comunicações e atendimento odontológico aos militares e à população ribeirinha, manutenção de aeronaves, motores e equipamentos, aquisição e manutenção de embarcações e instalação e manutenção de redes elétricas.

conheça também a Vertente civil